Opções Terapêuticas
Veja a relação de tratamentos disponíveis no Projeto ALFA

Inseminação intra-uterina

A inseminação é um procedimento simples que consiste em concentrar e introduzir os espermatozóides capacitados diretamente no interior do útero. É utilizada quando o volume ou a concentração dos espermatozóides não são suficientes ou quando a mobilidade dos gametas decresce. Esta técnica também pode ser usada quando o muco cervical apresenta problemas. Em geral, neste procedimento, recomenda-se também o estímulo da ovulação na mulher como forma de potencializar os resultados. A taxa de sucesso da inseminação artificial depende muito das causas de infertilidade diagnosticadas. É essencial a permeabilidade em pelo menos uma das trompas, assim como um número mínimo de espermatozoides, para que a técnica funcione.